clique para ir para a página principal

Cemig abre comportas do reservatório da Usina de Três Marias

Atualizado em -

Cemig abre comportas do reservatório da Usina de Três Marias Divulgação | Cemig
► Cemig pretende investir R$ 22,5 bilhões em Minas Gerais até 2025► O impacto da alta da luz nos papéis das empresas do setor elétrico► Cemig anuncia venda de participação na Renova por R$ 60 milhões

(Agência Brasil) - A Cemig (CMIG4) abriu hoje (14) as comportas do reservatório da Usina Hidrelétrica de Três Marias, na região central do estado de Minas Gerais.

Em nota, a empresa informou que a liberação da água do reservatório será ampliada gradualmente, um pouco a cada dia, até a próxima segunda-feira (17), quando a vazão total atingirá 2.850 metros cúbicos por segundo (m³/segundo) de defluência – 2 mil m³/s d´água que passarão pelas comportas, mais os 850 m³/s que passam, hoje, pelas máquinas de geração de energia.

Costumeiro, o vertimento é uma precaução adotada de tempos em tempos para evitar que o volume de água acumulado chegue perto à capacidade limite de armazenamento do reservatório, o que poderia ocasionar transtornos para as pessoas que moram às margens do Rio São Francisco e de seus afluentes.

De acordo com a Cemig, os patamares diários de vazão foram ajustados com a Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA) e com o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) e não agravará a condição de rios da Bacia do Rio São Francisco cujos níveis continuam sendo monitorados em função das fortes chuvas do último mês.

“Considerando que o evento ocasionado pela formação de uma Zona de Convergência do Atlântico Sul (ZCAS) neste início de janeiro já se encontra em processo de enfraquecimento, espera-se que as vazões nos afluentes do Rio São Francisco comecem a reduzir já a partir desta quinta-feira”, informou a companhia, em nota.

“Considerando a tendência de redução das vazões no Rio São Francisco no trecho entre a foz do Rio Abaeté e a cidade de Pirapora, será possível iniciar a abertura de comportas a partir desta sexta-feira, sem o agravamento da condição de cheia já vivenciada neste trecho”, acrescentou a Cemig, indicando que o volume de água que chega à Usina de Três Marias deve atingir, este mês, a maior marca da história do empreendimento já registrada durante um mês de janeiro.

Relacionados:

► Cemig pretende investir R$ 22,5 bilhões em Minas Gerais até 2025► O impacto da alta da luz nos papéis das empresas do setor elétrico► Cemig anuncia venda de participação na Renova por R$ 60 milhões

Leia mais: